Energisa

Compromisso com o Desenvolvimento Sustentável

Abordagem estratégica ao tema da Sustentabilidade

Na última década houve uma crescente adesão à perspectiva da sustentabilidade empresarial, que adiciona às abordagens anteriores um vínculo explícito da estratégia e do modelo de negócio com os desafios do desenvolvimento sustentável, tais como a mudança do clima, a redução das desigualdades sociais, a perda de biodiversidade, entre outros temas contemporâneos.

A Energisa tem consciência que sua atuação afeta diretamente a sociedade e o ambiente em que está inserida. A adoção de uma estratégia corporativa de sustentabilidade e modelo de negócio que geram valor não apenas para os nossos acionistas, mas também para todos os nossos públicos de relacionamento, permite à Energisa aproveitar oportunidades no setor de energia e ocupar seu lugar ao lado dos líderes na contribuição para o desenvolvimento sustentável.

Nossos pilares estratégicos são desdobrados em planos de ação e em indicadores de performance estratégicos e operacionais que levam em consideração o impacto socioambiental do negócio.

As metas estabelecidas para esses indicadores são pactuadas em compromissos de gestão para toda cadeia de valor.

A estratégia de sustentabilidade da Energisa se baseia em quatro direcionadores principais:

Macro Direcionadores de Sustentabilidade na Energisa

Desenvolvimento Local Sustentável: Priorizar projetos e iniciativas capazes de estabelecer redes de parceiros, com planejamento de médio e longo prazos. A densidade das cadeias produtivas locais, bem como ações combinadas com as políticas públicas para novas áreas de conhecimento serão fatores de observação para a concessão de apoios.

Impacto Comunitário: A convergência com outras ações da Energisa, através de programas próprios ou em parceria com os poderes públicos e instituições da sociedade civil nas áreas de concessão com impacto positivo, também serão fatores de análise para a tomada de decisão.

Aposta no interior: A história da Energisa está ligada ao interior do Brasil, onde fincou raízes e promoveu legados importantes. Sua área de concessão atual reforça a relevância de concentrar apoios em regiões onde a sua presença é motor da economia, da geração de empregos e renda e da indução do desenvolvimento.

Novas Economias: Investir em novas tecnologias, uso de fontes renováveis, pesquisa e ciência. Desenvolver negócios que movimentam a nova economia (inovação, criatividade, impacto social) em sintonia com o propósito da empresa.

A sustentabilidade está integrada aos nossos negócios em três níveis

Apoio às iniciativas globais

O Grupo Energisa, por meio de suas ações, busca contribuir com um mundo mais igualitário e sustentável. E para reforçar este compromisso, desde agosto de 2020 integramos a Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da Nações Unidas (ONU) que fornece diretrizes para a promoção de práticas para o crescimento da sustentabilidade e cidadania.

O programa tem a missão de mobilizar as empresas na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Quem integra a iniciativa assume ainda a responsabilidade de contribuir para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que fazem parte da Agenda 2030, e buscam assegurar os direitos humanos, acabar com a pobreza, lutar contra a desigualdade e a injustiça, alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento de mulheres e meninas, agir contra as mudanças climáticas, bem como enfrentar outros desafios de nossos tempos.

Além disso, fazemos parte também da ‘Plataforma de Ação pelo Clima’, norteado pelo ODS 7, que busca assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos e pelo ODS 13, que é o de ação contra a mudança global do clima, por meio do desenvolvimento de atividades e projetos especialmente voltados para mitigação, adaptação e financiamento climático.

Um dos objetivos da Agenda de Sustentabilidade do Grupo é promover uma Transição Energética eficaz, fomentando novos investimentos em projetos de eficiência energética e gestão da sustentabilidade. Nosso engajamento nessa frente contribuirá com ações para redução de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE)

Nossas Contribuições para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Governança da Sustentabilidade

A Governança da Sustentabilidade propõe articular os esforços para integração dos aspectos Ambientais, Sociais e de Governança (ASG) – em inglês conhecida como Environmental, Social and Governance (ESG) – na estratégia, políticas, processos e práticas do Grupo Energisa. A Governança de Sustentabilidade irá possibilitar a médio-longo prazo uma gestão eficiente dos temas e indicadores de Sustentabilidade que geram criação de valor para a Energisa e partes interessadas (Stakeholders).

Com base em critérios éticos, sociais e ambientais, a Política de Sustentabilidade do Grupo Energisa orienta suas práticas e seu relacionamento com os diversos públicos de interesse, de forma íntegra, transparente e responsável. Dessa forma, alguns princípios e diretrizes são respeitados e aplicados por todos no dia a dia das operações.

Em 2020, avanços na gestão interna, como a criação da Gerência de Sustentabilidade, impulsionaram novos projetos socioambientais. E ainda é mantido o Comitê de Sustentabilidade, integrado por: presidente do Grupo Energisa, presidente da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho, vice-presidente de Distribuição, diretores-presidentes das Unidades de Negócio, diretor corporativo de Gestão de Pessoas e gerente corporativo de Gestão Estratégica.

Clique aqui e conheça também a Política de Sustentabilidade

Energia do Bem

Frente aos impactos da pandemia da Covid-19 e atenta às demandas da sociedade, a Energisa tem realizado diversas ações voltadas à saúde e às necessidades da população, cujo objetivo é reduzir o impacto da crise dentro e fora da empresa.

Essa é uma iniciativa de mobilização nacional que inclui ações nos 11 estados onde atuamos com investimento, até o momento, de R$ 8 milhões. As ações são dos mais variados tipos:

Clique aqui e conheça o movimento Energia do Bem