Notícias

Consumo de energia sobe 3,0% em outubro, impulsionado pelas vendas nas regiões Nordeste e Centro-Oeste

O volume consumido de energia no mercado consolidado cativo e livre (2.671,2 GWh) do Grupo Energisa avançou 3,0% em relação ao mesmo mês do ano anterior, impulsionado pelas vendas das distribuidoras que atuam nas regiões Nordeste e Centro-Oeste, em especial na área de concessão da EBO (+10,7% ou 5,6 GWh), ESE (+6,5% ou 15,9 GWh), EPB (+5,5% ou 19,4 GWh) e EMT (+5,1% ou 39,2 GWh). Esse desempenho não considera o mercado de energia elétrica das recentes aquisições das distribuidoras Centrais Elétricas de Rondônia S/A (Ceron) e Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), que apresentaram no mês aumento e redução do consumo de 7,6% e 0,4%, respectivamente. Considerando o fornecimento não faturado, o volume se situa em 2.765,9 GWh, o que significa avanço de 3,7% na mesma base de comparação.

O consumo de energia elétrica no mercado cativo e livre (25.252,1 GWh) do Grupo Energisa apresentou, nos primeiros dez meses de 2018, aumento de 2,8% em relação ao mesmo período do ano anterior (não considerando o mercado de energia da Ceron e Eletroacre). Considerando o fornecimento não faturado, o volume se situa em 25.251,9 GWh, o que significa aumento de 2,9% na mesma base de comparação. O mercado livre (TUSD) apresentou crescimento de 11,0% no consumo. Já o consumo no mercado cativo (20.819,6 GWh) avançou 1,3% nos primeiros dez meses de 2018. Destaque para os aumentos de consumo de energia no mercado cativo e livre nas distribuidoras: EMS (+3,6% ou 153,4 GWh), ESS (+3,5% ou 117,1 GWh), ETO (+3,3% ou 62,6 GWh), ESE (+2,7% ou 67,6 GWh) e EMT (+2,5% ou 178,4 GWh).

Clique aqui para ler o Boletim de Relações com Investidores, edição de novembro 2018

Última atualização em 

Close